Atrair mais leads e vender mais é um obstáculo para muitas empresas. Esse é um desafio constante e que aumenta a cada ano. Há de se levar em conta que o comportamento do consumidor muda, mais pessoas se conectam e os concorrentes entram no meio disputando um espaço do mercado.

As dicas que daremos neste artigo costumam funcionar bem até hoje sempre que precisamos atrair mais leads ou vender mais. Entretanto, existem algumas premissas importantes e que dificilmente cairão em desuso com o tempo. Aliás, uma delas será a primeira das nossas 4 orientações para gerar mais leads e vendas para o seu site. Acompanhe a seguir e saiba como atrair mais leads e vender mais!

1. Para atrair mais leads e vender mais você deve produzir conteúdo de altíssima qualidade

Se você pesquisar no Google por tendências do marketing ou do marketing digital de, 2016, 2017 e 2018 certamente a criação de conteúdo relevante para o seu público estará lá como uma das estratégias projetadas. Quando você produz artigos, vídeos, infográficos ou podcasts com informações úteis para as pessoas, que agreguem conhecimento, é natural que um laço de reciprocidade se crie.

Quando se resolve as dúvidas e problemas do mercado, ele responde positivamente. O engajamento nas redes sociais e o tráfego no site são maiores, o que ajuda a construir um potencial enorme de ativos. Sendo assim, não gerar leads por esse caminho é um grande erro.

2. Crie e aprimore suas landing pages

Landing pages, ou páginas de inscrição, são voltadas exclusivamente para a conversão. Para isso são colocados campos para preenchimentos de dados do visitante que chega até lá, sem nenhum outro tipo de distração, ou a pessoa converte ou fecha a página. O básico é capturar o e-mail, mas você pode ir além e pedir o nome da pessoa, o tamanho da empresa, o cargo dela, etc.

O tamanho da sua exigência deve estar de acordo com a recompensa oferecida, pois se for apenas para conseguir o e-mail do visitante você pode colocar uma caixa de inscrição na sidebar do site. Crie e-books, webinars, templates, pesquisas de mercado e ofereça como isca para atrair o interesse de quem acessa e, em troca, consiga o e-mail e algumas informações pessoais. Mais uma vez vale a lei da reciprocidade. Se você tem algo valioso para oferecer, as pessoas retribuirão com seus dados.

3. Faça nutrição de leads

Nessa etapa você já tem uma base de leads e precisa nutri-la com mais conteúdo para que após um tempo (uma semana, duas, um mês ou um ano) o lead se qualifique o suficiente para ser entregue ao time de vendas.

Você deve criar um fluxo de nutrição. Esse fluxo consiste em criar caminhos diferentes para leads com comportamentos distintos dentro do seu funil de vendas.


Photo by LinkedIn Sales Navigator / Unsplash

Normalmente, se cria um fluxo onde os conteúdos evoluem de um nível mais básico até o mais avançado sobre a sua área de atuação, tornando o lead mais preparado para abrir negociação com sua empresa. Isso deve ocorrer após retirar informações desse contato, para que possam qualificá-lo como um possível cliente ou não.

4. Explore outras possibilidades

Os tópicos a seguir podem parecer pouco para objetivos que praticamente dão todo sentido a uma estratégia de marketing digital. Todavia, as orientações listadas anteriormente possuem certa relevância por serem os pilares para conduzir a jornada de compra do cliente. Você pode (e deve) buscar outras formas para atrair leads e vender mais. Algumas alternativas interessantes são:

  • Investir em anúncios patrocinados para suas landings pages;
  • Criar promoções ou comissões para que atuais clientes ganhem benefícios se trouxerem mais leads que convertam;
  • Alinhar o trabalho e os objetivos de marketing e vendas. Isso garante com que as duas áreas atuem em conjunto e melhorem a entrega de leads qualificados do marketing para o time de vendas.

O que você ou sua equipe tem feito para atrair leads e vender mais em sua empresa?

Conheça a Pipehline!