7 dicas efetivas para aumentar a performance em vendas

balanço geral da empresa Apr 04, 2016

Vender está cada vez mais complicado com essa crise, não é mesmo? Ela está sondando boa parte dos empresários do país, mas isso não quer dizer que você deve deixá-la influenciar o seu negócio.

Temos acompanhado muitas informações relacionadas a crise mundial e principalmente a brasileira, e de forma geral o que temos sugerido aos nossos clientes é:

Faça um balanço geral da economia da empresa

Se você percebeu que o capital está apenas saindo, podemos afirmar que essa é boa hora para dedicar um tempo junto com sua equipe para medir o desempenho no mesmo período do ano passado, quais foram as metas e objetivos atingidos no período e quais foram as causas que ajudaram vocês a vender mais.

Transforme essas informações em gráficos ou relatórios que possam ajudar os gestores a visualizar a empresa no cenário atual. Lembre-se, seja extremamente racional e objetivo nas informações.

Pense de forma positiva, mas faça alguma coisa!

Nós podemos ter diversos sentimentos em relação a uma situação. Ter um enfoque positivo irá garantir atitudes proativas. Foque nas soluções e não nos problemas de sua empresa ou equipe, busque oportunidades, seja otimista de verdade e esqueça o pessimismo. Desde da época do famoso *Andrew Carnegie *nós já sabemos que os empresários de sucesso, independente dos obstáculos, desafios e crises, conseguiram manter uma atitude mental positiva.

Encare os fatos e não empurre a sujeira para debaixo do tapete

A crise mundial está a nossa volta e o Brasil mais do que ninguém sabe disso, não é muito inteligente ignorar os fatos, mesmo que você esteja no positivo.

As empresas precisam melhorar cada vez mais sua gestão em todos os níveis hierárquicos. É hora de identificar claramente e encarar quaisquer desafios e obstáculos com as melhores soluções, e principalmente utilizar as ferramentas e metodologias certas ao seu favor, como por exemplo o Inbound Marketing.

Sente-se pressionado(a)? Você ainda não viu nada!

A palavra do passado, de hoje e do futuro é “competitividade”. Várias empresas entre 2012 e 2013 cresceram impulsionadas pela forte demanda da economia na época, mas o cenário agora é outro. Nesse senário é preciso velocidade para tomar decisões e ainda mais velocidade para aplicar ajustes que se façam necessários no meio do caminho, essas decisões aparecem com mais frequência quando utilizamos Inbound Marketing, pois conseguimos medir o real esforço em nosso ativo digital, ou seja, conseguimos saber se nosso número de clientes e promotores da marca realmente estão crescendo.

Seja criativo e busque soluções alternativas para redução de custos

Reúna sua equipe de Vendas e Marketing em reuniões para encontrar soluções, lembre-se de definir a pauta das reuniões e enviar para cada pessoa pelo menos um dia antes da reunião. Fique atento(a), pois um processo bem definido e que gera resultados precisa ter Marketing e Vendas integrados.

Monitore de perto a concorrência e a economia do pais para vender mais

Lembre-se que essa é a era da informação. Se você tem controle sobre a informação você tem muito mais chances de aumentar seu espaço no mercado. Fique atento(a) com a concorrência, saiba quais passos eles estão dando e principalmente quais resultados estão obtendo. Além disso, esteja atento(a) para se adaptar as novas realidades do mercado visando sempre a excelência.

Fidelize seus clientes e invista em sua equipe

Renomadas instituições de ensino já apresentaram inúmeras pesquisas no mercado apontando que conquistar um novo cliente é muito mais caro no processo tradicional Outbound Marketing do que manter os atuais e torná-los promotores.

Hoje temos uma grande facilidade em gerar mais negócios trabalhando com o Marketing Digital conectado a Vendas, assim temos uma boa redução de custo na geração de novos negócios e maior ainda na transformação de clientes em promotores.

Lembre-se, você precisa investir no treinamento da sua equipe, pois em tempos de crise a paciência dos clientes diminui, a exigência aumenta, portanto, investir no capital humano não é mais um diferencial e sim uma necessidade para a sobrevivência.

O que você achou das dicas? Gostaria de complementá-las? Aguardamos seu comentário.

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.