Clubhouse: o que precisamos saber sobre esta nova rede social

redes sociais Apr 08, 2021

Conheça tudo sobre o Clubhouse e o potencial da nova rede social para melhorar os resultados da sua empresa!

Afinal, do que se trata o aplicativo Clubhouse e porque ele vem fazendo tanto barulho no mercado?

Bom, vamos lá:

Imagine que você tem um aplicativo em seu telefone que permite ouvir conversas ao vivo de outras pessoas, mas não de uma forma invasiva: essas pessoas querem ser ouvidas.

Eles podem ser famosos ou apenas pessoas interessantes e bem informadas - ou nada disso, e apenas ser alguém querendo conversar.

E você pode ter a oportunidade de entrar nesse chat.

Ou seja, é como uma rede social de bate-papo com áudio.

Nos últimos meses, o Clubhouse agitou o mundo inteiro e mexeu com muita gente, inclusive empresas, influenciadores e grandes personalidades como Elon Musk.

Que tal descobrir tudo sobre a nova rede social, suas possibilidades e como você pode utilizá-la em suas estratégias de marketing?

O que é o Clubhouse e como funciona?

O Clubhouse é um aplicativo de rede social que permite que as pessoas se reúnam em salas de bate-papo de áudio para discutir vários tópicos.

Os temas são livres: esportes, lazer, arte, filmes, Marketing, finanças, mercado de ações, lançamento de infoprodutos, como criar o melhor perfil no LinkedIn ou como desvendar o algoritmo do Facebook.

Ou seja, qualquer coisa realmente.

As salas são geralmente divididas em dois grupos:

Aqueles que estão conversando e aqueles que estão ouvindo (os participantes podem ver uma lista de todos que estão em uma conversa e os números às vezes chegam aos milhares).

Ao contrário do Twitter, o Clubhouse é uma plataforma hierárquica fechada: um moderador supervisiona as discussões e tem a capacidade de deixar alguém interferir ou expulsar os indisciplinados.

Além dos “clubes” organizados por assunto, dois ou mais usuários podem se associar e iniciar sua própria sala de chat.

Atualmente, o Clubhouse está disponível apenas para iOS e qualquer usuário do iPhone pode baixar o aplicativo.

No entanto, cabe um alerta: até o momento, apenas pode criar um perfil quem recebe um convite de alguém que já está na rede (e recebeu, por sua vez, um invite).

Cada novo usuário tem 2 convites para compartilhar com quem ainda não está na rede social.

A origem do Clubhouse

O aplicativo foi apresentado em 2020 por Paul Davison e Rohan Seth.

O protótipo do Clubhouse era quase o de um aplicativo de podcast, com elementos de transmissão da conversa.

O truque foi adicionar um recurso que permitia que os usuários participassem da conversa.

O foco no áudio, em vez de texto, fotos ou vídeos, é um diferencial e gera certo apelo.

Segundo especialistas, isso cria um senso de espontaneidade e gera engajamento de forma mais fácil, visto que não é preciso acionar a câmera e se mostrar para os outros.

É hora de incorporar o Clubhouse nas estratégias de marketing da sua empresa?

O sucesso do Clubhouse se deve à presença de vários famosos em algumas conversas, como Elon Musk, Mark Zuckerberg e Oprah Winfrey.

No entanto, a rede social não se destaca apenas por envolver famosos, mas também especialistas em certos assuntos.

O bate papo pelo aplicativo cria um “evento” online, capaz de agregar interessados no assunto, dispostos a ouvir personalidades e pessoas com know-how.

Em uma época onde os podcasts apenas crescem, o Clubhouse surge como um variante do formato.

Por isso, pode sim ser considerado em suas estratégias de marketing, especialmente se for condizente com seu público.

É o caso de empresas de tecnologia, startups ou negócios relacionados.

Em geral, elas possuem um público mais engajado nesse tipo de inovação e mais disposto a quebrar a barreira do desconhecido para consumir diferentes conteúdos.

No estágio inicial, inclusive, a limitação da plataforma (disponível apenas para iOS e com obrigação de convite) pode representar a oportunidade de criar eventos mais exclusivos.

Como utilizar o Clubhouse nas estratégias de marketing da sua empresa?

Uma forma de encarar o Clubhouse é como uma plataforma de compartilhamento de valores.

Ou seja, você e/ou sua empresa podem se tornar muito conhecidos pela qualidade de seus conselhos, desenvolvendo conexões que levam a negócios.

Existem salas específicas para assuntos específicos.

Você ou algum especialista do seu time pode entrar na que mais se adequar à sua expertise, responder perguntas e engajar com os interessados e sair dali com novas conexões (e clientes!) conquistados.

Além do mais, a natureza do Clubhouse se presta perfeitamente à construção da relevância das marcas apenas por meio de campanhas boca a boca.

O Clubhouse torna mais fácil para as pessoas se encontrarem e se reunirem.

Assim, é possível se conectar com profissionais e outras pessoas com quem antes você não poderia falar para obter conselhos sobre parcerias, contratações, investimentos e muito mais.

Agora, que tal estruturar as melhores estratégias para utilizar o Clubhouse na sua empresa, conquistando interessados nas suas soluções e aumentando seu número de clientes?Conte com a Pipehline, especialista em tecnologia e inovação para melhorar o seu marketing!

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.