Suas equipes de marketing e vendas já formaram o casal perfeito?

marketing e vendas Nov 06, 2020

E no seu negócio, a união entre marketing e vendas já foi realizada e apresenta resultados incríveis? Não? Então confira a importância dessa mudança.

Esse tipo de pergunta do título costuma pegar de surpresa os gestores das empresas. Por quê? Geralmente, seus setores de marketing e vendas são tudo, menos um casal perfeito.

O cenário é recorrente pois a visão que um setor tem do outro é muito mais “destrutiva” que “construtiva”. Em muitos casos que já vi, é como se um fosse a pedra no sapato do outro.

E claro que esse relacionamento nada saudável não agrega valor para a empresa.

Ao contrário, a faz perder oportunidades, enfraquecer na fidelização dos clientes e, em geral, diminuir receitas.

No entanto, é possível sim mudar esse cenário. Na verdade, esse é um esforço que muitas empresas se prestaram: unir marketing e vendas, de forma que funcionem como complementares.

Um engrenagem que gira a outra e potencializa a ação de todo sistema.

Mas como? Bom, há alguns passos que seu negócio pode seguir. Quer aprender? Então vem comigo que te explico no decorrer do conteúdo!

A importância de unir marketing e vendas

Não faz muito tempo que o setor de marketing era quase uma área à parte da empresa. A ele, não havia muita responsabilidade além de executar campanhas e auxiliar os outros setores da empresa.

No entanto, é claro, essa dinâmica mudou muito.

O marketing, junto do setor de vendas, se tornou um dos pilares estratégicos do negócio.

Além da ascensão de todo ecossistema digital, que proporcionou ao marketing a posse dos dados de seus clientes, prospects e leads, falamos de canais.

De uns anos para cá, o marketing passou a ser essa ponte entre a persona de um negócio com a própria empresa.

Tudo isso por estar por trás de redes sociais, e-mail e demais canais de contato.

E vendas?

Bom, falamos de setor que costumava ser muito incisivo. Por meio de estratégias outbound (onde a empresa ia até o cliente), realizava-se a prospecção.

Porém, hoje em dia, esse mesmo profissional não tem condições de ficar antenado em tudo que acontece com o cliente. Seu trabalho acaba quando vende — pois é preciso cuidar da próxima conversão.

Assim, nem mesmo estratégias de fidelização podiam ser levadas para frente sem uma equipe enorme.

No entanto, ao juntar os dois setores, as empresas viram que esse gap de comunicação poderia ser praticamente excluído.

Ou seja, acompanhar os clientes desde uma etapa onde eles nem mesmo conheciam sua empresa, até sua fidelização.

Tudo isso através de estratégias inovadoras para a época, como o Inbound Marketing — ou o Marketing de Atração, que utiliza da criação de conteúdos para conquistar e nutrir leads, gerando oportunidades qualificadas de negócio.

Marketing + Vendas: como juntar os dois setores mais estratégicos da empresa?

Você já ouviu falar do termo “vendarketing”? É um pouco estranho, mas vem sendo cada vez mais utilizado para caracterizar essa união.

Ou seja, a perspectiva de que marketing e vendas trabalhem juntos.

Tudo isso com base em duas estratégias de prospecção: o outbound e o inbound, que comentei acima.

Enquanto o setor de vendas fica responsável pela primeira, indo direto ao cliente, a empresa deve direcionar seu marketing ao inbound, atraindo o cliente.

Dessa forma, é possível criar dois cenários de conversão muito eficientes.

Porém, é claro, aqui eu não falo necessariamente de Marketing de Conteúdo, redes sociais ou e-mail marketing. É preciso entender a sua persona e as necessidades do seu negócio.

E ainda mais importante: definir as metas da sua empresa.

Todo esse planejamento serve de base para que você “amarre o nó” entre marketing e vendas, entendeu?

Sob as mesmas metas, é possível alinhar o trabalho das duas frentes, fazendo a roda girar.

Dessa forma, você tem um setor de marketing empenhado em criar ações que potencializem as oportunidades — e gerem dados qualificados para análise.

Bem como um setor de vendas que se alimenta dessas oportunidades e dados, encurtando o caminho para fechar vendas e fidelizar clientes.

E de forma prática, como fazer isso?

O primeiro passo, e talvez mais importante, é criar um SLA (Acordo de Nível de Serviços), definindo responsabilidades para cada setor. É como um contrato interno, que alinha métricas, define a comunicação e reuniões para avaliar o desempenho conjunto.

Assim, com planejamento e know-how de causa, sua empresa pode fazer de marketing e vendas um casal perfeito. Seria incrível, não é?

É por isso que para conseguir isso na prática, você precisa de uma guia. E é para ajudar sua empresa que eu e toda equipe da Pipehline estamos disponíveis.

Que tal se a gente bater um papo e discutir as formas de potencializar seus resultados e organizar os processos, unindo marketing e vendas?

Vem conversar comigo!

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.