Chegou o momento de migrar para o e-commerce? Então descubra como fazer isso da forma certa

e-commerce Aug 19, 2020

Entenda como migrar seu negócio físico para uma loja virtual completa e aproveite de todos os benefícios e do crescimento do e-commerce no Brasil!

A possibilidade de aderir ao mundo do e-commerce e migrar sua loja física para uma loja virtual soa cada vez mais interessante, não é? Com a recente situação da pandemia, muitos negócios físicos viram seus números caírem — o que afetou bastante vários empreendedores. No entanto, é inegável que o e-commerce só cresceu.

Para você ter uma ideia do tamanho da oportunidades que falo:

Uma pesquisa recente do Compre&Confie mostrou que, em certo período de 2020, o hábito de compras via e-commerce cresceu 71%. Isso significa um faturamento de mais de R$ 27 bilhões.

São cifras significativas e que, acima de tudo, fazem incontáveis gestores por todo Brasil repensarem seus modelos de negócio. No entanto, a ideia de migrar para o e-commerce assusta:

É realmente tão difícil? Quais os primeiros passos? Como garantir a melhor transição?

São perguntas como essas que sempre me deparo. Não são poucos os clientes da Pipehline ou interessados que nos buscam para uma ajuda nesses pontos básicos.

Por isso, resolvi compartilhar um pouco de nosso conhecimento e, de quebra, ajudar esses clientes e interessados.

E então, preparado(a) para aprender? É só continuar a leitura!

4 passos para migrar para o e-commerce

Muito além do aparato e da integração tecnológica, é preciso ter um olho afiado para o mercado e para as possibilidades — tanto do mundo online, como offline.

Além de escolher a plataforma certa (entre as que oferecem modelos de lojas virtuais) ou criar um e-commerce do zero, há outras questões a serem respondidas e que vão ser determinantes no sucesso do seu e-commerce.

Acredite: o site em si é uma das últimas preocupações que você deve ter.

Confira!

1# Entenda o que o consumidor busca

Sempre digo que, hoje em dia, os consumidores prezam quase que igualmente pela experiência de compra e pelo preço.

Para você ter noção, indicadores apontam que nos próximos anos a experiência será o fator mais decisivo na compra, e não o preço.

Portanto, caprichar na construção de um e-commerce otimizado é a sua missão.

E isso vai além de um site eficiente e responsivo: é preciso entender o que o consumidor quer e como ele busca. Dessa forma, você construirá pontes mais curtas entre sua vontade de consumir e a finalização de uma compra.

É o que considero como um e-commerce de sucesso: quanto menos atritos e obstáculos, mas fácil o ato da compra.

Portanto, estude as condições do seu comprador médio (sua persona) para oferecer alternativas de pagamento condizentes. Mapeie onde ele mora para expandir sua rede de entregas. Entenda seus hábitos para criar uma experiência de compra encantadora e que o fidelize!

2# Analise sua concorrência (tanto off como online)

Um dos pontos principais ao iniciar o seu e-commerce é entender como seus concorrentes agem.

E isso inclui uma varredura nos competidores: tanto àqueles com e-commerce, como os sem.

Procure por pontos positivos que possam te inspirar, bem como gaps que você identifique uma falha onde você pode agir e se destacar!

3# SEO e Marketing Digital: os segredos para o sucesso do seu e-commerce

Acredite, eu e todos nós aqui da Pipehline sabemos: a vida no ambiente online não é fácil.

É uma luta diária com base em palavras-chave, relevância, criação de conteúdo e otimização. No caso do seu e-commerce, ainda mais — e aqui incluo os produtos e as ofertas.

Nesse ponto, o investimento em Marketing Digital é essencial. Com uma estratégia bem definida por um time de especialistas (opa, converse conosco! 😉), você aparece e se destaca em todas as redes e resultados de pesquisa. Com isso, seu e-commerce cresce em tráfego e, potencialmente, em vendas!

O mesmo pode ser dito da otimização: o SEO (Search Engine Optimization) é um dos pilares de qualquer site bem-sucedido.

Com uma boa estratégia de SEO, seu site passa por uma adequação alinhada com as tendências e buscas da sua persona, criando atalhos entre seus anúncios e o que as pessoas buscam em sites como o Google!

4# Busque as melhores alternativas de logística

Já mencionei antes, mas vale a pena se aprofundar: em um mundo cada vez mais conectado, a logística do e-commerce importa muito.

Capacidade de atender às mais diversas demandas, do Rio Grande do Sul à Tocantins, é um diferencial e tanto. Por isso, procure por planos logísticos que agreguem eficiência na entrega, com rapidez, preço compatível e ótima cobertura.

Assim, você tem condições de cativar ainda mais clientes — muito mais do que uma simples loja física.
E então, agora que você sabe como começar a migrar para o e-commerce, hora de botar a mão na massa, concorda? Para te ajudar nesse processo, conte com o auxílio especializado aqui da Pipehline. Converse com um de nosso especialistas!

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.