Como acessar clientes inacessíveis?

atendimento ao cliente Oct 22, 2020

Entenda como é possível atingir clientes inacessíveis (B2B e B2C) com ferramentas simples e através de canais digitais!

Leitor(a), se você já enfrentou um dia na pele de um profissional de vendas, sabe o quão complicado pode ser atingir clientes com uma comunicação assertiva. Aqui, falo especialmente daqueles quase inacessíveis: dificílimos de encontrar e até mesmo de conversar. São inflexíveis e dão a impressão de que o negócio nunca será fechado… Será mesmo que são tão difíceis de acessar?

Bom, são dúvidas que permeiam várias empresas. Sei por experiência que essa é uma dor de várias organizações: atingir clientes com uma comunicação clara e direta.

Mas quais as características desses clientes que os tornam tão complicados?

E como, de fato, acessá-los e estabelecer um canal de conversas?

Bom, antes de correr para o telefone ou para o WhatsApp, espere um pouco. Aqui, quero mostrar outros meios de se engajar com os clientes — de qualquer perfil, mas especialmente os mais inacessíveis.

E então, que tal aprender alguns métodos para melhorar seu approach de vendas e ainda turbinar seu marketing? Continue a leitura!

A nova geração de clientes inacessíveis

Até poucos anos atrás, os clientes mais inflexíveis e difíceis de atingir eram aqueles que não atendiam os telefones ou se esquivavam das reuniões. Exímios dribladores do mundo corporativo.

Hoje em dia, vemos uma evolução do tipo: àqueles que nem mesmo respondem ao WhatsApp. (Ou muitas vezes nem possuem um!)

Ou seja, mesmo que sua equipe consiga suas informações de contato, a tentativa de acessá-lo é sempre negada.

E há vários motivos para isso: falta de tempo, claro; perfil mais introvertido, esse é um detalhe a se considerar, e o momento errado.

Como é? “Momento errado”?

Exatamente: muitas vezes, o erro do seu setor de vendas ou marketing é tentar atingir clientes no momento errado.

Em outras palavras, em um estágio onde eles não estejam interessados em abrir um diálogo com sua empresa ou sequer saibam que ela exista. Então, porque investiriam em uma solução que não lhes diz respeito — naquele momento?

É a sina da nova geração de consumidores — seja B2C como B2B. Suas necessidades, interesses e comportamentos mudam assim, em um flash.

Às empresas, cabe entender seu posicionamento em um mercado tão volátil e procurar formas eficientes de atingir clientes, por mais complexos que pareçam. Afinal, pode ser que justamente ali more uma incrível oportunidade de negócio.

E quais novas formas seriam essas?”, você me pergunta.

Siga na leitura para aprender a melhor delas”, eu te respondo. Vamos lá?

A melhor forma de atingir clientes inacessíveis

O mundo digital trouxe uma nova plataforma de negócios para todos, consumidores B2C e B2B. Através das redes sociais e dos sites, empresas se conectam aos seus clientes e aproveitam dos incontáveis canais digitais para atingi-los.

Assim, com uma estratégia guiada e eficiente, baseada na persona da empresa (B2C ou B2B), é possível desenvolver uma comunicação eficiente.

Mas essa comunicação é feita de que forma?

Aí depende do que as suas personas — normalmente uma delas representando este cliente inacessível que há pouco falamos — vão ditar.

Isso, caso você ainda não tenha desvendado, é Marketing Digital.

E uma das melhores formas de desenvolvê-lo é através de uma metodologia que mistura conteúdo, otimização para mecanismos de buscas e uma estratégia de “aproximação” do seu cliente: o Inbound Marketing.

Como funciona o Inbound Marketing?

O Inbound Marketing é cada vez mais popular entre as empresas, especialmente pelo seu potencial de atingir clientes dos mais variados perfis.

A premissa aqui é simples: sua empresa não necessariamente vai até o cliente. Em vez disso, é o cliente quem vem até sua empresa.

Bacana, não é?

Veja como funciona na teoria:

Seus clientes (seja ele um líder de setor, um executivo, um representante) costumam utilizar a Internet o dia inteiro para pesquisar coisas relacionadas ao trabalho:

  • Qual a melhor impressora para uma empresa?”
  • Como organizar as folhas de pagamento dos funcionários?”
  • Qual a melhor alternativa para armazenar dados do negócio: um banco de dados ou a nuvem?”

Talvez você mesmo faça perguntas do tipo em algum buscador, como o Google. Pois bem, analise essas perguntas:

Quantas oportunidades de negócio você identifica nelas?

É justamente sobre isso que trata o Inbound Marketing:

Sanar as dores das personas em seus vários estágios, desde o momento que sequer conheçam sua empresa até a hora de convertê-los em clientes, oferecendo sua solução.

Através do Inbound Marketing, é possível criar uma lógica de conteúdos (em vários formatos, mas comumente em blog, mas também em formato de vídeo, áudio, em imagens no Instagram ou mesmo podcasts) que conduza a persona pelo funil de vendas.

Assim, sua empresa vai atingir clientes de todos os perfis. O interessante é que o Inbound Marketing é também bastante flexível:

Além do conteúdo, se trabalha com os dados dos clientes (de seu CRM, por exemplo), para criar estratégias mais estruturadas. Assim, é possível envolver e-mail marketing ou criação de materiais ricos, para continuar nutrindo os leads e renovando esse ciclo.

Incrível, não é?

Muitas empresas estão conseguindo atingir clientes inacessíveis por meio de um Inbound Marketing eficiente. Que tal conquistar resultados iguais ou ainda melhores?

Fale com a Pipeh e nos deixe ajudar seu negócio a estruturar a melhor estratégia de Inbound Marketing!

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.