O que é storytelling? Bom, isso é uma longa história… Mas resumindo: storytelling é uma forma de transmitir mensagens de um jeito memorável e divertido. Boas histórias são facilmente relembradas ao mesmo tempo em que criam uma forte ligação emocional e estimulam o compartilhamento. Não se trata do que você quer contar, e sim do que você quer que o seu público se lembre e passe adiante.

Histórias nos permitem, desde os primórdios dos tempos, envolver e captar a atenção das pessoas. Atualmente, com as mudanças constantes no mundo da comunicação (graças à tecnologia) o storytelling além de poderoso, se tornou indispensável. Por isso, acompanhe com a gente maneiras efetivas de como incorporá-lo em vendas.

O storytelling vende

Quando crianças, costumamos fazer o seguinte pedido “me conta uma história?” Crescemos e mantemos a mesma necessidade de ouvir narrativas envolventes. Por isso, histórias vendem. E também vendem porque provocam um profundo efeito no cérebro e no comportamento humano, liberando oxitocina, conhecido como o hormônio da confiança por promover conexões e sentimento de empatia nas pessoas. Imagine esta reação ao redor da sua marca!

Emoção e lógica no discurso de vendas

Para desenvolver um storytelling certeiro é preciso combinar dois fatores indispensáveis: emoção e lógica. O cliente precisa entender os benefícios de consumir o produto ou serviço, mas também precisa se envolver emocionalmente. Metáforas ajudam o nosso cérebro a ter uma experiência como se estivéssemos na pele de outra pessoa. E fatores lógicos como diferenciais, preço, tamanho, forma de pagamento e outros, complementam a receita de sucesso nas vendas.

Não basta contar, tem que mostrar

O storytelling segue a máxima de todos os livros sobre cinema e literatura: Mostre! Não adianta ter uma história envolvente se as pessoas não são capazes de visualizar os personagens, os ambientes, as cenas e outros aspectos visuais. Mostre como o produto ou serviço funciona. Use fotos, vídeos e descrições vivas que possam despertar a imaginação do cliente.

Elementos essenciais de um storytelling efetivo

  • Toda história precisa de um começo, um meio e um fim. Pode parecer bobeira, mas muita gente se esquece desta estrutura, fazendo com que o cliente fica perdido na narrativa. Cada etapa precisa estar muito bem definida na cabeça do consumidor.
  • Uma história é uma jornada. Os personagens precisam se movimentar e enfrentar diversos desafios antes de conseguirem realizar seus maiores feitos.
  • Use a linguagem coloquial, informal e popular. O uso de palavras rebuscadas afasta o ouvinte da realidade e confere um tom falso à história.
  • Entenda a realidade do cliente. Não faz sentido um storytelling que fuja dos valores do seu público-alvo. Cada época tem suas próprias histórias, mesmo que sejam adaptadas a partir de clássicos.

Você já sabe o que é storytelling e como incorporá-lo em vendas; agora é hora de dar vida aos seus produtos ou serviços. Seguindo estas dicas é possível aumentar as vendas e conquistar o coração e a mente dos clientes. Lembre-se de manter um conteúdo relevante junto com uma história cativante, e todos irão espalhar a sua mensagem.

Mas antes, assine a nossa Newsletter. Temos uma história para te contar.